Governadores pedem ação integrada para combate à covid-19

Wed, 03 Mar 2021 11:22:41 -0300 / 0 Comentários

Vinte governadores de estados e do Distrito Federal se encontraram nessa terça-feira (2) em Brasília, para discutir o Orçamento da União e medidas de combate à pandemia da Covid-19. Entre os compromissos estava uma reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, do Partido Progressista.

O governador do Piauí, Wellington Dias, destacou a importância de agir de forma integrada no enfrentamento à pandemia.

Ao longo do dia, os governadores também estiveram com representantes do Ministério da Saúde. E ouviram da presidente da Comissão de Orçamento, a deputada Flávia Arruda, do PL, a promessa de receberem R$14,5 bilhões em emendas parlamentares destinadas ao Sistema Único de Saúde.

Arthur Lira afirmou que a prioridade será a campanha nacional de vacinação.

Antes da reunião com o presidente da Câmara, os governadores visitaram a sede da farmacêutica União Química. É a representante no Brasil da vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia.

Os diretores do laboratório informaram que enviariam para a Anvisa o pedido de registro da vacina no país. Mas, até a noite, a documentação não tinha chegado à agência reguladora.

Em nota, o Ministério da Saúde informou que as tratativas para a compra da Sputnik V estão em fase final. A expectativa é de comprar, inicialmente, 10 milhões de doses. As primeiras devem ser entregues ainda este mês e as últimas, em maio. Todas essas vacinas serão importadas da Rússia e devem custar cerca de R$640 milhões.

Depois, a Sputnik V será fabricada no Brasil. A União Química promete entregar 8 milhões de doses por mês.

Com produção de Deográcia Pinto e Lucas Pordeus León, da Rádio Nacional, em Brasília, Victor Ribeiro.

Logo Radioagência Nacional