Com Arena e Beira-Rio na lista, sede da final da Libertadores-2020

Wed, 16 Oct 2019 08:37:21 -0300 / 0 Comentários

A Conmebol anuncia na próxima quinta-feira o estádio que irá receber a final da Copa Libertadores de 2020. No total, são oito locais na disputa, sendo seis brasileiros. O Maracanã, no Rio, aparece como favorito para receber a decisão, que será novamente disputada em jogo único.

Também nesta quinta-feira, a entidade que gerencia o futebol na América do Sul vai anunciar qual arena irá receber a decisão da Copa Sul-Americana do próximo ano. Vale lembrar que nesta temporada a final da Libertadores será no Estádio Nacional do Chile e o segundo interclubes mais importante do continente será decidido no General Pablo Rojas, em Assunção, no Paraguai.

A lista completa dos estádios candidatos a receber a final é a seguinte: Mario Kempes (Córdoba-ARG), Mineirão (Belo Horizonte), Arena do Grêmio (Porto Alegre), Beira-Rio (Porto Alegre), Maracanã (Rio de Janeiro), Morumbi (São Paulo), Arena Corinthians (São Paulo) e Estádio Nacional (Lima).

Dentre os estádios brasileiros, algo que chama a atenção é que quase todos foram reformados ou construídos visando a Copa do Mundo no Brasil, em 2014. A exceção é o Morumbi, que embora tenha ficado fora do Mundial, recebeu jogos da Copa América, neste ano.

Já pela Copa Sul-Americana, apenas quatro estádios estão na disputa e o representante do Brasil é o Mané Garrincha, em Brasília. Ele também foi utilizado durante o Mundial de 2014. A Sul-Americana deste ano acontece no Paraguai, mas inicialmente o jogo estava marcado para ser disputado no Estádio Nacional de Lima, no Peru. O confronto mudou de local por falha na organização por parte dos peruanos, que tentam mais uma vez receber a partida.

As arenas que podem receber a Sul-Americana de 2020 são as seguintes: Mario Kempes (Córdoba-ARG), Estádio Ciudad de La Plata (Buenos Aires-ARG), Mané Garrincha (Brasília) e Estádio Nacional (Lima-PER).

A Libertadores de 2019 está na semifinal e ocorrerá uma decisão entre um clube do Brasil e outro da Argentina. De um lado, Boca Juniors e River Plate disputam uma vaga e do outro Flamengo e Grêmio brigam para chegar na luta pelo título.

Correio do Povo/ AE